Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Palavra de escuteira

De que valem as palavras se forem apenas ditas, se não forem sentidas, se não forem intencionais e se não nos soubermos expressar através delas? A chama da aventura. Decisões e caminhos divergentes. O meu quotidiano.

Palavra de escuteira

De que valem as palavras se forem apenas ditas, se não forem sentidas, se não forem intencionais e se não nos soubermos expressar através delas? A chama da aventura. Decisões e caminhos divergentes. O meu quotidiano.

Sobreviver

Não podia gostar menos de rotinas. É sempre o mesmo. Os mesmos horários, as mesmas pessoas, os mesmos sitios, as mesmas coisas para fazer...

A ideia de ter um horário fixo deixa-me de rastos. Não há novidades, não há surpresas, não uma série de coisas que te fazem chegar a casa e pensar "Este dia valeu a pena. Hoje sim, valeu a pena levantar-me da cama". E isso não é mais do que deprimente.

Acordar, sobreviver e dormir, é isto a maior parte do ano. 

Bem, pelo menos agora tenho o blog, e, muito sinceramente, penso que o ponto alto do meu dia é quando aqui venho.