Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Palavra de escuteira

De que valem as palavras se forem apenas ditas, se não forem sentidas, se não forem intencionais e se não nos soubermos expressar através delas? A chama da aventura. Decisões e caminhos divergentes. O meu quotidiano.

Palavra de escuteira

De que valem as palavras se forem apenas ditas, se não forem sentidas, se não forem intencionais e se não nos soubermos expressar através delas? A chama da aventura. Decisões e caminhos divergentes. O meu quotidiano.

Porcos, sujos e felizes

Estou tão cansada que até estou a ter dificuldades em formular frases. Mal me aguento em pé, subir escadas é para esquecer e acho que preciso de um segundo banho.

A camada de sujidade, de poeira e de suor que juntei ao longo desde fim-de-semana é impensável (não é nada, mas assim parece muito mais dramático).

É normal que esteja neste estado, afinal, o caminho que percorremos na sexta-feira em quase 2h, fizemos hoje em 40 minutos - caso contrário perdíamos o autocarro - com mochilas às costas e, com a nada desconfortável, farda. Foi sempre a andar e ainda tivemos uns 5 minutos a fazer passo escuta (20 passos a andar, 20 passos a correr, 20 passos a andar, outros 20 a correr...), o que, com o peso das mochilas e com o calor insuportável, não podia ser pior. 

Também passámos o sábado inteiro à lenha e a construir uma mesa - que acabou por ficar no local para uma possível próxima vez. E, quiçá, servir para pessoas que se lembrem de lá passar. 

Hoje de manhã fizemos a celebração da palavra. Cantámos umas músicas e depois foi-nos pedido que colocássemos dentro de um saco (imaginário) uma qualidade nossa que viesse a ser precisa no ano escutista que nos espera. Eu disse que queria pôr a minha exigência comigo mesma, à qual o T. disse que se poderia traduzir por "excelência". 

Não podia ter corrido melhor. Tudo aquilo que aconteceu teve uma razão de ser. Já temos mais umas coisinhas a melhorar, tanto individualmente como em equipa, mas acredito que vamos conseguir.

Rimos, discutimos, chegámos a casa todos porcos e sujos, mas felizes e nada arrependidos.